Section : Doenças de pele

A lepra (doença de Hansen) (hanseníase, morfeia, mal de Hansen, mal de Lázaro) (Hanseníase) (Português)

Dr. Christophe HSU – dermatologista. Genebra, Suíça

O que é a lepra (hanseníase, morfeia, mal de Hansen, mal de Lázaro)?

  • Trata-se de uma infecção por uma bactéria Mycobacterium leprae.

Como é transmitida?

  • É ainda pouco conhecida, mas a transmissão será através da via respiratória.
  • Não é transmitida à nascença e até mesmo um contacto prolongado não garante a sua transmissão.

Como é que é diagnosticada?

  • O exame microscópico de uma amostra de pele com uma suspeita clínica é a forma mais fiável.
  • Os testes à lepromina são úteis para classificar os subtipos da lepra, mas não são para confirmar o diagnóstico.

Qual é o aspecto da pele?

  • A doença é classificada de acordo com a imunidade da pessoa infectada:
  1. Tuberculóide (Paucibacilar) (manutenção da imunidade do hospedeiro): as lesões tendem a ser de despigmentação, em pequenas quantidades com distúrbios em termos de sensibilidade).

Lepra (hanseníase) Tuberculóide

A lepra (doença de Hansen) Tuberculóide

  1. Lepromatosa (Multibacilar) (depressão da imunidade do hospedeiro): As lesões tendem a ser maiores, abundante e rosto pode se infiltrado (fácies leonina).

Lepra (hanseníase) lepromatosa, com fácies leonina

A lepra (doença de Hansen) Lepromatosa com fácies leonina

  1. Borderline (intermédio): As lesões são menos específicas.

Lepra (hanseníase) Borderline (dimorfa)

A lepra (doença de Hansen) Borderline

  • As reacções imunológicas: por vezes, as lesões não contêm a bactéria e são formadas por reacções imunológicas da pessoa infectada, o eritema nodoso hansénico, reacções de reversão (aumento da inflamação devido a um tratamento eficaz, stress, gravidez…)

Os outros órgãos são afectados?

  • O sistema nervoso e os olhos são os mais comummente afectados:
  1. Paralisia do nervo facial
  2. Cegueira
  3. Deformação das mãos
  4. Pé-pendente
  • Os membros inferiores são, por vezes amputados devido a uma reabsorção óssea prolongada (osteomielite) e desenvolvem-se cancros da pele em úlceras crónicas.

Qual é o tratamento da lepra?

  • O regime terapêutico varia de um país para outro.
  • Os medicamentos contra a tuberculose, Dapsona e outros antibióticos são utilizados. O tratamento deve ser continuado durante vários meses ou anos, dependendo do subtipo de lepra.
  • Os esteróides e outros medicamentos anti-inflamatórios são utilizados em reacções imunológicas.

© 2009

Colaboradores:

Dr. Christophe HSU – dermatologista. Genebra, Suíça

National Skin Centre. Cingapura

Introdução

Bahasa Indonesia

English

Español

Français

Tagalog

No related posts.


Category : A lepra (doença de Hansen) (hanseníase - Modifie le 06.1.2010Category : Hanseníase - Modifie le 06.1.2010Category : lepra - Modifie le 06.1.2010Category : mal de Hansen - Modifie le 06.1.2010Category : mal de Lázaro) - Modifie le 06.1.2010Category : morfeia - Modifie le 06.1.2010