Section : Doenças de pele

Doenças da pele relacionadas com a diabete (Português)

Dr. Christophe HSU – dermatologista. Genebra, Suíça

O que é diabete?

  • A diabete é uma doença comum na população adulta nos países desenvolvidos.
  • As pessoas diabéticas têm níveis elevados de açúcar no sangue e se não estiver bem controlado, vários órgãos, como os olhos, os rins, o sistema nervoso central e os vasos sanguíneos podem ser danificados.
  • Problemas de pele são comuns entre os diabéticos. Algumas doenças de pele são características.

Quais as doenças de pele freqüentemente associadas com a diabete?

  • Dermopatia diabética
  1. Esta doença da pele é mais comum entre pacientes diabéticos.
  2. As lesões são frequentemente localizadas ao longo das tíbias e aparecem como cicatrizes marrons. Estas cicatrizes marrons podem ser precedidas de manchas vermelhas ou bolhas (= vesículas).
  3. Não existe tratamento específico para esta condição. O problema tende a curar-se sozinho e formar cicatrizes fundas.
  • Gangrena
  1. O bloqueio dos grandes vasos nos pés devido à diabete pode causar dor ao caminhar por conta da circulação deficiente. Uma obstrução grave pode levar à gangrena dos dedos dos pés pela morte do tecido.
  2. É necessário um tratamento cirúrgico para remover o tecido morto e, em casos graves, pode ser mesmo necessária a amputação do pé ou da perna.
  • Neuropatia diabética
  1. A diabete pode causar danos aos nervos pela oclusão dos vasos sanguíneos que os alimentam.
  2. Isso pode causar dor e formigamento, ou mesmo a perda da sensibilidade nos pés. Os pacientes apresentam, em seguida, a supressão da sensação de dor o que pode levar ao desenvolvimento de úlceras ou feridas após algum traumatismo.
  3. É então necessário tratamento local das lesões para que o problema não se agrave.
  • Infecções de pele
  1. Os diabéticos desenvolvem mais facilmente infecções de pele. São exemplos disso, infecções dos pelos superficiais ou profundos.
  2. Certas infecções são sérias e requerem um cuidado médico rápido. Um exemplo disso são os furúnculos múltiplos que são infecções bacterianas profundas (abscessos) do pelo.
  3. Uma dermo-hipodermite apresenta-se como uma tumefação vermelha, quente e dolorosa, frequentemente localizada na perna.
  4. A fascite necrosante é uma infecção grave e mortal que pode estender-se profundamente atingindo o músculo e necessita o tratamento cirúrgico imediato.
  5. Ela se apresenta como uma tumefação hemorrágica e inflamada da pele, formando bolhas.
  • Necrobiose Lipoidica
  1. É uma complicação rara da diabete também provocada por uma doença que acomete pequeninos vasos da pele.
  2. As lesões, em geral, aparecem inicialmente na região das tíbias. A região afetada mostra uma borda vermelho amarronzada com o centro amarelado.
  3. Às vezes, as lesões cutâneas precedem o diagnóstico de diabetes e, portanto, pacientes com esta doença devem ser rastreados para diabetes.

Necrobiose Lipoidica (com ulceração)

  • Acantosis nigricans
  1. Esta é outra manifestação da diabete sobre a pele.
  2. Ela é também um sinal de outros problemas internos como doenças endocrinológicas ou câncer. Encontra-se frequentemente em pessoas que estão em sobrepeso.
  3. As lesões cutâneas são caracterizadas por um aspecto “aveludado” e rugoso e áspero nas dobras da pele como axilas, parte superior das costas, pescoço e dobras da região genital.
Acanthosis Nigricans

Acantosis nigricans

  • Xantomas e Xantelasmas
  1. As pessoas com diabetes têm, frequentemente, um aumento das gorduras no sangue (triglicérides e colesterol). Isto provoca uma acumulação de gordura na pele. Lesões decorrentes disto são chamadas de xantomas e / ou xantelasmas.
  2. Os xantomas são nódulos cutâneos firmes e assintomáticos geralmente localizados nos cotovelos, joelhos e tornozelos. Às vezes as lesões são do tamanho de uma cabeça de alfinete, e aparecem nas nádegas (xantomas eruptivos).
  3. Os xantelasmas indicam um excesso de colesterol no sangue e se apresentam como lesões amareladas sobre as pálpebras. O tratamento consiste na normalização das gorduras séricas seja pelo controle da ingestão de lipídios saturados ou por medicamentos em comprimidos.
  • Granuloma anular
  1. Esta é uma doença de pele geralmente encontrada em crianças e adultos jovens.
  2. Está ocasionalmente associada com diabete.
  3. As lesões são caracterizadas inicialmente por manchas vermelhas que se espalham de maneira centrífuga, assemelhando-se a anéis. As mãos, sobretudo os dedos, e os cotovelos são frequentemente afetados.
  4. Quando o granuloma anular está disseminado, pode estar associado com a diabete. As lesões de pele podem preceder o diagnóstico da diabete. Por isso pessoas que apresentam estas lesões deveriam ser examinadas para uma possível detecção da diabete

Granulome Annulaire

Granuloma anular

O que fazer se eu tiver lesões de pele associadas com a diabete?

  • Quando há complicações graves, como infecções bacterianas ou gangrena, procurar atendimento médico imediatamente.
  • Neste caso, a internação pode ser necessária.
  • Se estas doenças não forem tratados podem evoluir para a morte. As úlceras infectadas devem ser tratadas com antibióticos.

Complicações graves da diabete podem ser prevenidas?

  • Sim. Se a diabete estiver bem controlada, vários problemas de pele relacionados com a diabetes poderão ser evitados.
  • Isto requer disciplina, uma dieta específica para diabéticos, autocontrole e visitas médicas.
  • Os tratamentos “skin care» [cuidados com a pele] para o pé e a pele são importantes:
  1. Nunca ande descalço. Isso evita os traumatismos.
  2. Inspecione seus pés diariamente procurando cortes ou feridas. Inspecione a região entre seus dedos do pé à procura de inflamações ou infecções.
  3. Calce sapatos bem ajustados; nem muito apertados nem muito largos para evitar os traumatismos.
  4. Cuidado quando você corta as unhas.
  5. Se feridas ou úlceras aparecerem, consulte um médico imediatamente Alguns sinais na pele são também indicação de outras complicações que podem acometer outros órgãos como olhos e rins. O seu médico vai procurar essas complicações.

© 2009

Colaboradores:

Dr. Christophe HSU – dermatologista. Genebra, Suíça

National Skin Centre. Cingapura

English Français Italiano Tagalog Español Deutsch 日本語 中文-漢語 русский язык


Category : Doenças da pele relacionadas com a diabete - Modifie le 02.1.2012